Desenho Científico da espécie “Mutantiformis Luminiscintia”

AUTOR: Ernesto Almeida
DIMENSÕES: 39×29,7 cm
TIPOLOGIA: Ilustração
DATA: 1980
N.º DE CATÁLOGO: #041
N.º DE INVENTÁRIO: MF.2021.014
PROVENIÊNCIA: Luís Belo

Contextualização

Durante mais de 20 anos, uma das principais fontes de urânio em Portugal foram as Minas da Urgeiriça.

Os primeiros momentos de exploração deste metal foram de entusiasmo e de promessas de riqueza, mas rapidamente os duros turnos de trabalho e as exigências da mina deram outra perspetiva. Com a extração desta matéria rara pareciam vir histórias mirabolantes.

Algo rara, mas recorrente, era a fábula de uma planta que crescia e “dançava” junto das bolsas de urânio, brilhando. Durante vários anos estes relatos foram descartados como visões atribuídas ao cansaço, ao excesso de trabalho, ao tédio da repetição, à necessidade de escape. Só recentemente, na casa de um dos mais antigos mineiros, foi encontrado pelos seus herdeiros uma ilustração com tal detalhe que traz argumentos fortes à existência desta forma de vida que o próprio intitulou “Muntatiformis Luminiscintia”.

Esta incorporação, no acervo do Museu do Falso, teve como Parceiro Institucional

Peça Anterior
Peça Seguinte
Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google