Faixa Arco-Iris, de Rua ou Arquibancada

AUTORIA: Desconhecida
DATA: c. 1900
N.º DE CATÁLOGO: #014
PROPRIEDADE: Tiago Lopes

Contextualização

“Antes de Viseu ser Viseu”, segundo Bernardo Moto (1865), ocorreu um efeito atmosférico e visual similar a um grande, duradouro e intenso Arco-Íris, de muito impacto para a população da região afectada: a região de Viseu, num sentido alargado. Este evento, levou a que, tendo sido encontrado um “tesouro”, se haja configurado a lenda do pote de ouro no fim do arco-íris associando-se essa potencial benesse com um ser de “pequenas dimensões e trejeitos algo malévolos”. Na circunstância de frequentes trocas comerciais entre a região em causa e a Irlanda, em particular no que respeitava a semente de batata, assumiu-se que seria o “Leprechaun” ou Duende dessas paragens.

A agitação causada quer pelo fenómeno atmosférico e pelo tesouro encontrado, motivou a criação de celebrações ocasionais que Teixeira Wallenstein (1921) classificou de “próximas a uma seita”, com alargadas romarias sem destino específico ou, mais frequentemente e até muito próximo dos dias de Hoje, a colocação, transporte ou oferta de motivos, pendões, e/ou faixas rememorativas do evento e suas singulares repercussões.

Em pleno século XX, aquando da construção do Cinema S. Mateus, o proprietário, bisneto de um ex-Grão-Mordomo da Faixa do Arco-Íris, diz-se ter insistido para que a decoração do dito imóvel contivesse essa ligação gráfica.

A faixa que se apresenta é um exemplar das mais típicas “faixas de rua ou arquibancada” utilizadas aquando das celebrações públicas. O último quartel do século XX levou a alguma mudança de paradigmas e socialmente a prática e a convicção a ela associada tinha sempre um cunho negativo por parte da população em geral, o que ocasionou – pensa-se – o seu desaparecimento ou clandestinidade plena, incluindo dos artefactos anteriormente utilizados.

Peça Anterior
Peça Seguinte
Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google