Aquilino Ribeiro descasca batatas no Presídio do Fontelo

AUTOR: Bernardo Raimundo da Silva
TIPOLOGIA: Fotografia
DATA: 1928
LOCAL: Presídio do Fontelo, Viseu
NA IMAGEM: Aquilino Ribeiro
N.º DE CATÁLOGO: #006
PROPRIEDADE: Cris Nogueira

Contextualização

Bernardo Raimundo da Silva sabia da minha avidez pela leitura. Em 1975 ofereceu-me “O Livro da Marianinha”. Era um avô que gostava de se recostar e conversar com tempo. E disse: Tininha, este será o primeiro de muitos.

Ao abrir o livro encontrei uma fotografia. Contou-me que, quando era novo, tinha trabalhado no presídio do Fontelo, na terra que o vira nascer. Já nessa época tinha uma grande admiração pelo escritor e quis o destino que se cruzassem por breves dias.

A fotografia tinha-a tirado à socapa com a máquina de um amigo. Confiou-ma então, para que me guiasse como símbolo de liberdade. A ditadura havia acabado e vivia o tempo inesquecível dos primeiros anos de um novo país.

Só muito mais tarde consegui perceber o verdadeiro alcance desta dádiva. Não fui a tempo de retribuir. Recuperei uma tábua de cozinha, de família, e concebi esta homenagem ao meu avô.

Peça Anterior
Peça Seguinte
Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google